X

ACESSE SUA CONTA

Esqueci minha senha Acessar

NÃO POSSUI CADASTRO

Fazendo seu cadastro, você:

- Receberá notícias, novidades ambientais e mobilizações;

- Saiberá com antecedência sobre eventos;

- Ou sua empresa podem se cadastrar e participar da nossa causa;

Criar cadastro Cadastrar empresa

GRUPO AMBIENTAL SAÍRA MILITAR

Bacia
Forquilhas
Cidade
Brusque/SC
Corpo d´Água Monitorado
Itajaí mirim
Ponto Monitorado
Latitude 27°05'58.00" S Longitude 48° 56' 03.50" O -27.09947823528,-48.934320610795
Tipo
Outros
Faixa Etária
Misto

  Voltar   Lista de grupos

Sobre o Grupo

A bacia do Itajaí localiza-se na unidade fisiográfica litoral e encostas de Santa Catarina. Dentro da bacia do Itajaí encontra-se a Serra do Itajaí, importante remanescente florestal da mata Atlântica. A Bacia do Itajaí é a maior bacia atlântica do Estado de Santa Catarina e sua paisagem é dividida em três compartimentos naturais: o Alto, o Médio e os Baixos Vales do Itajaí. Possui aproximadamente 15.500Km² (16,15% do território catarinense e 0,6% da área nacional), atualmente distribuídos por 47 municípios. O rio Itajaí percorre cerca de 200Km desde suas nascentes até a foz no Oceano Atlântico, localizada entre as cidades de Itajaí e Navegantes. A bacia do Itajaí-Mirim possui aproximadamente 1.673Km², deste total 33 km localizam-se no território do município de Brusque que representa 17% da área total da bacia. Como a área do território municipal apresenta-se em vale caracterizado por ser um ambiente montanhoso cortado pelo rio Itajaí - Mirim na sua parte mais baixa e plana, as ocupações urbanas se localizam nessas áreas. Seus afluentes vêm sofrendo diretamente os efeitos da urbanização como poluição, a retirada da vegetação das margens e o assoreamento de seus leitos. Em Maio de 2001 através da deliberação número 06 do Comitê de gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Rio Itajaí, perante o contexto de degradação ao longo dos rios e ribeirões que cortam o município, foi aprovada o Programa de Recuperação de Matas Ciliares o qual teve o objetivo elaborar e executar a capacitação pessoal com o intuito de fomentar núcleos municipais para recuperação do maior número de áreas dentro da bacia. A problemática ambiental tem se tornado a cada dia um projeto mais amplo, urgente e inadiável. Presente em todas as agendas, debates e instituições. Ao longo da bacia muitos municípios estão desenvolvendo projetos em torno da recuperação da mata ciliar e sendo Brusque um município importantíssimo para a bacia não poderíamos continuar omissos a este problema. É necessário que não só falemos em reconstruir, recuperar, replantar, mas sim que façamos que exercitemos e envolvamos o maior número de pessoas possível, das mais diversas classes, grupos e idades. Contemplando o desenvolvimento de forma sustentável e evoluindo, respeitando as leis naturais ecologicamente viáveis. O trabalho do GTM com base na ideia de gestão integrada da bacia, visa recuperar as áreas de mata ciliar degradada no município de Brusque.

Período de Análises:

Não há análises cadastradas por este grupo neste período.