X

ACESSE SUA CONTA

Esqueci minha senha Acessar

NÃO POSSUI CADASTRO

Fazendo seu cadastro, você:

- Receberá notícias, novidades ambientais e mobilizações;

- Saiberá com antecedência sobre eventos;

- Ou sua empresa podem se cadastrar e participar da nossa causa;

Criar cadastro Cadastrar empresa

Grupo Escoteiro Jabuti

Bacia
Pinheiros-Pirapora
Cidade
São Paulo/SP
Corpo d´Água Monitorado
Jaguaré
Tipo
Outros
Faixa Etária
Misto

  Voltar   Lista de grupos

Sobre o Grupo

História do Grupo Desde 12 de Outubro de 1988, quando alguns chefes, preocupados com o crescente número de crianças do G. E. Paineiras, sugeriram que fosse aberto um novo grupo que podia ser pequeno, crescendo devagar e sempre, por isso o nome Jabuti. Então em 05 de Novembro de 1988, ele foi oficialmente fundado, tendo como Sede o Regimento da Polícia Montada 9 de Julho, sito à Rua Barroso Neto, no 60 - Butantã - SP e prometia seguir os ditames de Baden Powell. O lema do Grupo surgiu como necessidade de imprimir na bandeira "o motivo pelo qual veio ao mundo". Um lema deve mostrar as principais características de uma família. Com o ideal de realizar um trabalho digno para os jovens demonstrava a fé nos princípios escotistas, mas era preciso sentir-se estimulado para conduzir com dignidade o sistema implantado por B.P.. Logo, era preciso força de vontade para estar sempre motivado a trabalhar com os jovens. Mas, além disso tudo, era preciso coragem para empreender nossa realização e superar todos os obstáculos. Foi assim que surgiu o lema: FÉ, FORÇA E CORAGEM! Muitas coisas se passaram desde então, coisas boas e ruins, que foram superadas com grande fé, força e coragem. O "Jabuti" sempre foi marcado por ter uma chefia vibrante e com grande criatividade. Foi dessa criatividade que surgiu também o Grito do Grupo: Na terra, no mar Do Oiapoque ao Chuí, Do planeta mais distante à estrela mais brilhante somos todos triunfantes porque somos JABUTI !!! Minha história no Grupo (por Vera Donnangelo) Foi por conversas com uma amiga, então chefe de lobos do Grupo Parecis, que procurei a UEB para obter informações sobre o local mais próximo da minha residência. Neste clima familiar e contagiante fui recebida no Grupo em 1990 com meus filhos Gabriel e Raphael. Minha contribuição com o grupo na época era somente no apoio, ajudando na manutenção da cantina, na limpeza ou na preparação das refeições nos acampamentos. Depois do nascimento dos meus filhos gêmeos em 1995 fiquei impossibilitada de acompanhá-los no movimento e nos afastamos do Grupo. Então em 2003, assim que os gêmeos (João Pedro e Lucas Eduardo) fizeram 7 anos e por solicitação do meu filho Gabriel, retornamos para o Grupo na alcatéia, reencontrando pessoas muito queridas e competentes como a chefe Maria e a chefe Ruth, o que muito me alegrou. Hoje com o meu envolvimento profissional na área biológica e interesse pessoal por questões ambientais, fiquei responsável pela etapa de conservacionismo na alcatéia. O conhecimento do Projeto de Monitoramento deu-se novamente pela minha amiga Ingrid, responsável pelo projeto no Grupo Parecis. Nosso contato na SOS Mata Atlântica foi com o educador Gustavo Veronesi que realizou palestras para que a chefia conhecesse um pouco do histórico do projeto. Os jovens dos ramos foram consultados e aqui estamos nós, para repensar nossa relação com o meio ambiente, aplicando os princípios de B.Powell que visam o desenvolvimento de um comportamento baseado em valores éticos, espírito comunitário e aprimoramento da personalidade, principalmente através do contato direto com a natureza.

Período de Análises:

Não há análises cadastradas por este grupo neste período.